Quantos calçados deve ter uma criança?

by calcadoinfantil on November 21, 2011

Muitas coisas marcam a vida na infância. É nela que descobrimos o mundo, juntamente com diversas emoções e aprendizados. É também na infância que os pais mais se atentam quanto às necessidades de seus filhos. Questões relacionadas à educação, saúde e comportamento são sempre vistas de perto pelos pais, que também devem decidir quais roupas e calçados infantis os pequenos irão vestir e usar e por esse motivo a atenção deve ser redobrada.

pes saudaveis bebe

Mas afinal, quantos pares de calçados deve ter uma criança? A resposta, são muitos os pares, pois a maioria dos bebês com mais de 16 meses cresce mais de um tamanho de calçado a cada dois meses. As crianças de idade 16 a 24 meses cresc em uma média de um tamanho de calçado a cada três meses. A criança que tem entre 24 a 36 meses de idade tem crescimento de um tamanho de calçado a cada quatro meses, e a partir de 3 anos de idade, o crescimento ocorre de meio tamanho de calçado, cada quatro ou cinco meses.

Publicidade - LAMG

sapatos-infantis menina

Por consequência de tantas mudanças nos pés de bebês e crianças há um grande número de calçados infantis usados, mas os sapatos que não servem mais podem ser vendidos em brechó ou bazar. Os calçados infantis mal acomodados nos pés podem causar problemas no dedo do pé, unhas encravadas, calos, joanetes ou dedos mal formados. Mas, e os mais crescidinhos que querem estar na moda? O consumo deve ser feito de forma consciente, os pais devem definir o número de calçados infantis que a criança deve ter de acordo com as atividades realizadas por eles.

calados-infantis esportivos menina

Quais marcas e modelos terão e em qual período haverá novas compras. Uma alternativa é incentivar, desde pequenos, a doação, de forma que eles possam ter conhecimento da importância do ato e seus benefícios.
Para aproveitar ao máximo cada minuto passado com os seus bebês, aproveite as vantagens do online shopping e compre com toda a segurança e tranquilidade.

Anterior:

Siguiente:

Deja un comentario