Botas Ortopédicas

by calcadoinfantil on October 17, 2011

As botas ortopédicas infantis são desenvolvidas por médicos e têm como objectivo resolver determinados problemas que podem surgir nos pés das crianças, sendo o mais comum, o pé chato. Essencialmente estas botas visam dar mais apoio para o pé, onde mais é preciso e, no caso do pé chato, ajudam a formar a curva que o pé deve ter na sua planta e que permite que caminhemos apoiados na ponta do pé, no calcanhar e na borda externa do pé, promovendo o nosso equilíbrio e a manutenção de uma postura correta.

botas ortopédicas clássicas-unisexo

Para corrigir esse problema muito comum entre as crianças, os médicos especialistas nessas matérias (ortopedistas), receitam, com frequência, o uso de botas ortopédicas que resolvem com facilidade o problema. A única questão é que, em regra, essas botas não são muito apelativas para as crianças, pois surgem em modelos muito tradicionais, pouco coloridos e, logo, pouco apelativos para a criançada. É difícil determinar onde e quando surgiram as primeiras botas ortopédicas, mas sabemos com exactidão que em 1741, a ideia já existia quando Nicholas Andry (físico francês com um papel muito importante no desenvolvimento da ortopedia), publicou a sua obra “OrthoPaedia”, que se debruçava sobre a forma de corrigir deformidades no pé das crianças.

Publicidade - LAMG

bota-ortopédica-modernos-botas coresAtualmente o conceito inicial das botas ortopédicas tem vindo a mudar e há uma oferta muito maior do que a clássica bota, que ao longo dos anos se tornou cada vez menos engraçada. Há várias marcas e modelos que oferecem grande variedade de calçados infantis terapêuticos, incluindo as lojas online. Procure nas lojas online de calçados infantis as melhores marcas e os últimos modelos em calçado infantil terapêutico, incluindo tênis confortáveis e coloridos. Mas não só: tem também sapatos e sandálias com ar moderno e leve. Suas crianças vão gostar e não vão querer tirar do pé essa nova modalidade de botas ortopédicas!

sandália ortopédica-menino-castanha

Anterior:

Siguiente:

Comments on this entry are closed.